Voluntariado

Nos dias que correm, com muita frequência esquecemo-nos daqueles que nos rodeiam e tal acontece pelos mais variados motivos, mas principalmente pelo ritmo acelerado com que vivemos todos os momentos, esquecendo os pequenos pormenores, pormenores esses que fazem toda a diferença. Cada vez mais as pessoas pensam nos seus próprios interesses, levando a que se esqueçam dos outros e da importância que estes revelam nas suas vidas, pelo que nos tornámos, de uma forma crescente, numa sociedade egoísta.

Durante esta semana temos ouvido constantemente falar em campanhas de voluntariado, mas o que é realmente ser voluntário? Ser voluntário é muito mais do que ser capaz de dedicar tempo da nossa própria vida em prol dos outros, é muito mais do que ajudar perante a dificuldade de quem nos rodeia, ou apenas fazer parte de uma organização de voluntariado, é muito mais que tudo isto. Ser voluntário é ter a capacidade de esboçar sorrisos, espalhar boas energias, mostrar o Sol a quem vive na escuridão, ser capaz de mudar e marcar vidas.

É fácil viver na nossa própria “desgraça”, lamentando tudo e afirmando sermos infelizes e incompletos, mas quando nos deparámos com situações que nos chocam, de pessoas que vivem no limiar da pobreza com o mínimo do que temos à nossa disposição, vemos que talvez a visão que temos do mundo e daquilo que é a felicidade não seja a mais acertada e por este motivo uma experiência de voluntariado pode mudar também a vida de quem decide ser voluntário, enriquecendo-o enquanto pessoa, sendo este capaz de ver o mundo com outros olhos. Ser voluntário é uma experiência enriquecedora e é cada vez mais importante sê-lo num mundo no qual a máxima em prática é “Cada um por si!”.

No entanto, a ideia de que apenas são necessários voluntários em cenários de catástrofe é completamente errada, uma simples conversa que possamos ter com a nossa vizinha que vive solitária, contribuindo para a sua felicidade, mas ao mesmo tempo também para a construção da nossa personalidade pode ser uma ação de voluntariado.

Ajudar quem precisa de nós, quem precisa de apoio, de um abraço para abafar as mágoas é voluntariado.

Ser voluntário é ser humano e muda-nos em todos os sentidos.

 

Artigo de opinião da aluna  Catarina Oliveira, 10.º A.

Comments are closed.
Lema do ano
Próximos eventos

De momento não existem próximos eventos.

%d bloggers like this: